ESTÍMULO CEREBRAL

Dirceu Alves Jr. (Veja SP, 4 de dezembro de 2019)      Foto de Pedro Isaías Lucas   A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz é o principal coletivo da cena de Porto Alegre. Fundado há 21 anos, o grupo se firmou graças a uma estética provocadora e um permanente diálogo crítico junto ao público em montagens de rua ou desenvolvidas em salas fechadas. Cartaz do Teatro do Sesc Bom Retiro, Meierhold, adaptação da peça do dramaturgo argentino Eduardo Pavlovsky, concentra toda a sua força na reflexão de ideias em uma encenação com raros momentos surpreendentes. Paulo Flores interpreta o ator, diretor e teórico russo Vsevolod Emilevich Meierhold (1874-1940), preso, torturado e fuzilado pela ditadura stalinista por ter sua obra considerada como inadequada. O próprio personagem, tal como um fantasma, reconstitui seu passado e se mune de convicção para ressaltar o firme caráter e a necessidade de liberdade. Em algumas passagens, assume, inclusive, um saudável didatismo. A estrutura de monólogo, b

III Interfaces Internacional em Uberlândia



A atuadora Tânia Farias da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz participa da III Interfaces Internacional – “Desmontagem como procedimento artístico-pedagógico” em Uberlândia. Tânia Farias estará apresentando sua desmontagem. Uma proposta de desvelar os processos de criação de algumas personagens de sua trajetória, que se mescla ao caminho da própria Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz. Estarão presentes também no encontro Ileana Diéguez, Beth Lopes, Narciso Telles, Fernando Aleixo, Mara Leal, Mariene Perobelli, Mário Piragibe, Ana Carneiro, Vilma Campos, Paulina Caon, Coletivo Teatro da Margem, Coletivo Dodecafônico.

Mais informações pelo blog: http://geacufu.blogspot.com.br/