DUAS CARTAS PARA MEYERHOLD

  Carta de Henrique Saidel   Fotos de Eugênio Barboza, Lucas Gheller e Pedro Isaias Lucas Porto Alegre, inverno de 2020 Querido Meyerhold, Escrevo esta carta como quem escreve algo de muito importante, como quem escreve algo que lhe causa um tanto de medo e hesitação, como alguém que deseja escrever coisas bonitas, coisas inesquecíveis, inteligentes, coisas revolucionárias, coisas que estejam à altura da tua arte, do teu teatro, da tua vida. Escrevo esta carta depois de ter escrito “Querido Meyerhold”, ali no topo da página, há vários dias e depois de ter ficado vários dias sem escrever mais nada, apenas olhando a página em branco e pensando em todas as coisas bonitas, inesquecíveis, inteligentes e revolucionárias que eu poderia dizer para você e a teu respeito. Escrevo esta carta mais de um ano depois de ter visto (duas vezes) a peça que o Ói Nóis Aqui Traveiz fez com você no título e como personagem, e mais de dezenove ou vinte anos depois de te ler pela primeira v

Ensaio em Lisboa

A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz está em Portugal para duas apresentações do espetáculo de teatro de rua "O Amargo Santo da Purificação".  A primeira encenação será em Porto, dia 15 de maio, às 18h, na Praça da Batalha em frente à Igreja de Santo Ildefonso (FITEI – Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica, do Porto no norte de Portugal), e no próximo dia 18 estaremos em Coimbra, a apresentação será no Pátio das Escolas – Centro Histórico da Universidade, também às 18h.

Hoje à tarde realizamos o último ensaio antes da nossa estreia na Europa. Confira abaixo as fotos:










Fotos: Pedro Isaias Lucas