TRIBO DE ATUADORES ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ 44 ANOS [PARTE 19]

“Se Não Tem Pão, Comam Bolo!” tem por referência a célebre frase da rainha da França, Maria Antonieta,quando no princípio da Revolução Francesa, pressionada em seu próprio palácio pelo povo que pedia pão, pateticamente perguntou por que não comiam brioches. Encenação popular, esta fábula política recorre ao fato histórico para falar de problemas cotidianos que afligem a maioria dos brasileiros: a fome, a opressão, os desmandos do poder e a corrupção dos políticos. Os personagens são saltimbancos contadores de histórias, que de uma forma satírica e divertida cantam para o povo, nas ruas, o que a sociedade burguesa procura esconder: a luta de classes. 
    “SE NÃO TEM PÃO, COMAM BOLO!” Roteiro e direção : criação coletiva Figurinos : Arlete Cunha Adereços : Zau Figueiredo Música : Rogério Lauda Elenco : Arlete Cunha, Kike Barbosa, Rogério Lauda e Sandra Possani Intérprete em substituição : Vera Parenza Estreia : 14 de fevereiro de 1993 (Espetáculo de rua) TERREIRA DA TRIBO EU APOIO! Você

A Tribo cai na folia!

A Escola Império Serrano de Guaíba homenageia os Atuadores da Paixão e o seu célebre espetáculo “A Saga de Canudos”

A Escola de Samba Império Serrano da cidade de Guaíba, terá como enredo no seu Carnaval 2014 o tema “Ói Nóis Aqui Traveiz, os Atuadores da Paixão em visita ao Belo Monte – A Morada de Antônio Conselheiro”.

Foto: Cláudio Etges
O desfile da Escola, no próximo sábado, dia 15 de março, será uma homenagem a trajetória da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz e ao seu penúltimo espetáculo de Teatro de Rua “A Saga de Canudos”. O espetáculo que percorreu diversos Estados brasileiros de 2000 a 2007 e recebeu pela sua grande contribuição cultural, o honrado Prêmio “A Luta Pela Terra” do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra, nos conta a história da construção e destruição de Canudos, um episódio que mexeu com as mais profundas emoções da alma brasileira, e sem dúvida, uma das mais belas e desconhecidas passagens da aventura humana. 

E é com este caráter político, homenageando um dos grupos teatrais mais significativos do país e mostrando-nos um Antônio Conselheiro fruto da história, que a Escola Império Serrano invade o Carnaval 2014.

Cabe também destacar que a Império Serrano é uma das mais antigas e tradicionais Escolas de Samba da Sociedade Carnavalesca de Guaíba, que completa este ano 43 anos de trajetória. E a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz honrada e agradecida pela homenagem saúda a toda comunidade do bairro Ermo que esteve durante todo este ano, imbuída em levar o seu melhor carnaval pra avenida! Evoé! Vida Longa!


“Ói Nóis Aqui Traveiz, os Atuadores da Paixão em visita ao Belo Monte – A Morada de Antônio Conselheiro”

Sou Cabra da Peste, eu sou, pelo o Sertão do Nordeste, eu vou
Com um Império cheguei, Ói Nóis Aqui Traveiz!
Homem de fé, líder valente, profeta do sertão
Antônio Conselheiro, o peregrino que falava a multidão
Uma decepção no amor, foi o motivo disso tudo acontecer
O Padre Ibiapina foi sua inspiração, como benção divina tomou essa missão
Palavras de conforto, à quem precisar e o povo todo parou pra escutar.
Terra seca, sol ardente, meu “bichim” se avexe não
Meu império, faz a festa, vai ter xaxado, forró baião.
E assim aquela gente acompanhou, a sua fama se espalhou
Desafiando os tiranos do poder
Em CANUDOS resolveram se instalar
De Belo Monte renomearam o “arraiá” que entraria pra história
Foram atacados com a força dos canhões
Foram dizimados com extrema covardia, lutando por seu ideais
O Povo sertanejo se orgulha
Antônio Conselheiro um homem de valor
Que a Terreira da Tribo hoje canta com Amor!