Anti-heroína de Pindaíba

Antônio Hohlfeldt (Jornal do Comércio18 de abril de 1997)
Fotos de Adriana Franciosi
Ao completar 19 anos de vida, traída pela Administração Popular que se nega a dar qualquer apoio à  idéia de sua permanência no local em que fez história na cidade, nem por isso a trupe de atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz perde sua fleuma e sua força. Aniversário se faz com festa e festa, para um grupo de teatro, é representar. Foi o que fez o Ói Nóis..., estreando seu novo espetáculo de teatro de rua, A Heroína de Pindaíba.
   Trata-se da adaptação de uma peça de Augusto Boal, dos tempos do seu exílio na Argentina (1975), originalmente intitulada O homem que era uma fábrica. O texto original era uma fábula e, apesar ou justamente por causa das adaptações sofridas, mais fábula e mais farsa ficou ainda o espetáculo que conta a história de Matilda Silva da Silva (o povo brasileiro) que sonha emigrar para os Estados Unidos, deixando Pindaíba (Brasil). Para tanto, e após passar por um sem-número de exigências…

A Tribo de Atadores Ói Nóis Aqui Traveiz estará esta semana na Mostra Internacional de Maringá!!!

A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz participa nesta semana, da Mostra Internacional de Maringá – MIM / Teatro Contemporâneo em Cena. Serão diversas atividades dentre apresentação, filme, desmontagem, bate papo e muito mais. Confira! Entrada Franca!

Dia: 02/10 - (sexta-feira)
“Onde? Ação nº2”
Tribo de Atuadores ÓiNóis Aqui Traveiz (Porto Alegre/RS)
Horário: 15h
Local: Praça Napoleão Moreira da Silva (Pernambucanas).
Duração: 40 minutos
Recomendação etária: livre.



Dia: 03/10 - (sábado)
Exibição do filme “Viúvas – Performance sobre a ausência” e mesa-redonda com Alexandre Villibor Flory (DTL-UEM) e Tânia Farias ÓiNóis Aqui Traveiz (Porto Alegre/RS).
Horário: 19h30.
Local: Teatro Barracão
Entrada gratuita.
Fotos de Pedro Isaias Lucas

Dia: 04/10 - (domingo)
“Desmontagem: Evocando os mortos – Poéticas da experiência”
Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz (Porto Alegre/RS)
Horário: 20h30.
Local: Teatro Barracão
Duração: 70 minutos
Recomendação etária: 16 anos.
Entrada gratuita

Assista ao clip da Desmontagem 
"Evocando os Mortos - Poéticas da Experiência"



Palestra “Arte e Sociedade na estética do Ói Nóis Aqui Traveiz” com Alexandre V. Flory (DTL-UEM).
Horário: 19h30
Local: Auditório Hélio Pelegrini - DTL UEM (Bloco G-34)