ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ 44 ANOS [PARTE 2]

    Com um mês de atividades o Teatro Ói Nóis Aqui Traveiz foi interditado pela Secretaria de Segurança. Aí começou uma longa campanha pela reabertura do teatro. O fechamento agravou a situação econômica do grupo e a saída de alguns dos seus integrantes. Para vencer a crise o grupo buscou outros espaços para encenar o seu espetáculo. Também é o momento em que o grupo começou a compartilhar as suas experiências através de uma oficina de teatro. E é principalmente com os jovens desta oficina que criou a montagem de “A Bicicleta do Condenado”, do espanhol Fernando Arrabal: um preTexto para a reVolta do Ói Nóis Aqui Traveiz. Durante o processo de criação integrantes do grupo foram presos em manifestações contra a ditadura. Essa experiência de repressão e violência foi canalizada para a cena. A reabertura do Teatro trouxe para a encenação uma história de opressão e horror, onde duas pessoas tentam sobreviver em um lugar comandado por uma ordem militar. Se no primeiro espetáculo o público fi

Teatro Como Instrumento de Discussão Social - Canoas

Oficinas Populares de Teatro – Abertas e gratuitas

Estão abertas as inscrições para as oficinas do projeto Teatro Como Instrumento de Discussão Social, realizadas pela Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz na cidade de Canoas.
As oficinas são contínuas e iniciarão na próxima semana dia 22/06 e acontecerão quartas e sábados, no centro de Canoas, no bairro Mathias Velho e no bairro Harmonia.

O projeto foi contemplado pelo edital PIC 2014, portanto tem o financiamento da Prefeitura Municipal de Canoas/Secretaria da Cultura.



Confira abaixo os horários e locais:

Quarta feira:


*Atenção: Como a Antiga estação Férrea está em reforma (local onde ocorrem as oficinas no centro), as oficinas ocorrerão temporariamente no auditório da Sec. de Cultura de Canoas, que também fica no centro e de fácil acesso.

Centro
Na antiga Estação Férrea (Rua Vitor Barreto, 2301)
Das 19h às 22h
Orientação: Paula Carvalho

Bairro Mathias Velho
No Salão da Igreja Nossa Senhora Aparecida (Rua Florianópolis, 4859)
Das 18h30 às 21h30
Orientação: Clélio Cardoso

Sábados:

Centro
Na antiga Estação Férrea (Rua Vitor Barreto, 2301)
Das 14h às 17h
Orientação: Paula Carvalho

Bairro Harmonia/Vila Natal
Na Garagem Sócio Cultural (Rua Santa Rita, 233 – esq. com a Rua Nossa Senhora Aparecida)
Das 14 às 17h
Orientação: Clélio Cardoso

Inscrições pelo fone 3028 13 58 e 9396 11 40.

A ação Teatro Como Instrumento de Discussão Social desenvolve Oficinas de Teatro em diversos bairros de Porto Alegre e de Canoas.  As Oficinas Populares de Teatro da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz têm como objetivo fomentar a organização de grupos culturais nos bairros.
Abrindo espaço para sensibilização e experiência do fazer teatral, apostando no teatro como instrumento de indagação e conhecimento de si mesmo e do mundo, assim como veículo de formação, informação e transformação social. Entendendo a cultura como agente formador de mentalidades com consequente influência direta na condução dos rumos da sociedade, e a atividade teatral como a mais objetiva das manifestações artísticas na reflexão do homem sobre si e sua realidade social. 
A proposta de trabalho teatral segue os fundamentos principais da Escola de Teatro Popular da Terreira da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, que visa a formação de atores-cidadãos com a necessária qualificação para estar a serviço da construção de uma sociedade justa e solidária.
As Oficinas Populares de Teatro são gratuitas e abertas a todos interessados a partir dos 15 anos.

“A Arte em todas as suas modalidades tem por função básica a estruturação e o desenvolvimento da sensibilidade e do pensamento dos seres humanos. O Teatro tem por objeto a análise crítica e a exposição das relações inter-humanas, o que faz dele um dos mais poderosos aliados na luta permanente em favor da construção da cidadania.”