Denúncia atualizada de Heiner Muller

Antônio Holfeldt (Jornal do Comércio, 13 de Agosto de 1999) Fotos de Claudio Etges
A estreia de Hamlet Máquina, do dramaturgo alemão contemporâneo Heiner Müller, pelo grupo Ói Nóis Aqui Traveiz, é um acontecimento verdadeiramente ambíguo. A ambiguidade nasce do fato de a montagem desta peça, que consagrou e projetou internacionalmente o dramaturgo da Antiga Alemanha Popular, ser, por certo, uma feliz oportunidade para nosso teatro, mas, por outro lado, comemorando os quinze de localização da Terreira da Tribo, espaço cênico onde o Ói Nóis Aqui Traveiz desenvolve suas pesquisas e interferências na cidade, constitui-se também em seu canto de cisne: ao final de agosto, interrompendo a sua temporada, a Terreira da Tribo fechará suas portas e o Ói Nóis Aqui Traveiz estará na rua, motivado, dentre outras coisas, pela decisão (ambígua) da Prefeitura Municipal de Porto Alegre em se negar a dar qualquer apoio ao grupo.
A ambiguidade é mais significativa, se formos capazes de fazer a correta leitu…

Fotos Viúvas Performance sobre a Ausência no Forte de Santo Amaro em Santos/MIRADA!

Em setembro deste ano a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz apresentou a performance "Viúvas Performance sobre a Ausência" no Festival Ibero Americano MIRADA em Santos.

A montagem, sobre um grupo de mulheres de um povoado às margens de um rio que luta pelo direito de saber onde estão os pais, maridos ou filhos mortos pela ditadura no país, estreou em 2011, na Ilha das Pedras Brancas – conhecida como Ilha do Presídio –,situada entre Porto Alegre e Guaíba. As apresentações no festival santista vão rolar de quinta a sábado, no Museu Histórico Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande – localizado em uma fortificação construída no Guarujá em 1584, que também abrigou presos políticos ao longo de sua história. 

Confira algumas fotos de Pedro Isaias Lucas:



















Fotos Pedro Isaias Lucas