A Missão - Lembrança de uma Revolução

A Revolução Possível Revista Aplauso/ 2007 Crítica de Fábio Prikladnicki
(Fotos Cisco Vasques)



De um espetáculo do tipo “teatro de vivência" da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz se espera muitas coisas, sendo uma delas a utilização de uma narrativa descontÍnua, fazendo com que o espectador se pergunte, a cada cena, "O que está acontecendo". Assim também é em A Missão (Lembrança de uma Revolução), do dramaturgo alemão Heiner Muller (1929-1995), que faz novatemporada no final de marco, na Terreira da Tribo, em PortoAlegre, depois de ter estreado em novembrode 2006. Aocontrário de outros trabalhos, nesse não se opera nenhumtipo de colagem textual: a marca do Ói Nóis está essencialmentena encenação. O que não é pouca coisa. Escrito em 1979, o texto parece, ainda hoje, vanguardista e ousado. Não apenas porque Muller é um dos maiores dramaturgos pós-modernos. Nem apenas porque sua produção, escrita em plena Alemanha comunista, tenha mantido vitalidade mesmo depois da queda d…

Lista de selecionados para o workshop “Vivência com a Tribo

Dias 17 e 18 de outubro, das 9h às 12h, no Centro de Artes da Universidade Regional do Cariri (Av. Castelo Branco, 1056 – Pirajá Juazeiro do Norte - CE).

Selecionados:

- Ana Maria do Nascimento
- Barbara Leite
- Bruno Tavares
- Faeina Jorge
- Fernando Persatto
- Francisco Francieudes
- Gabriel Ângelo
- Heliônio Soares
- Jamal Corleone
- Jerônimo Gonçalves
- Jessica Pereira
- Jesualdo Júnior
- Jordlyanne Almeida
- Kléber Benício
- Leandra Nunes
- Lucas Galdino
- Lucivania Lima
- Marcelo Ubirajara
- Marcos Aurélio
- Marina Brito
- Paulo Andrézio
- Raqueline Barros
- Siomar Ziegler
- Thailyta Feitosa
- Tiago Gomes

Suplentes:
- Halessa Martins
- Taiomara Souza
- Dávila Narely
- Aleff Alves
- Marina Santana

Medeia Vozes
Foto: Pedro Isaias Lucas