ESTÍMULO CEREBRAL

Dirceu Alves Jr. (Veja SP, 4 de dezembro de 2019)      Foto de Pedro Isaías Lucas   A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz é o principal coletivo da cena de Porto Alegre. Fundado há 21 anos, o grupo se firmou graças a uma estética provocadora e um permanente diálogo crítico junto ao público em montagens de rua ou desenvolvidas em salas fechadas. Cartaz do Teatro do Sesc Bom Retiro, Meierhold, adaptação da peça do dramaturgo argentino Eduardo Pavlovsky, concentra toda a sua força na reflexão de ideias em uma encenação com raros momentos surpreendentes. Paulo Flores interpreta o ator, diretor e teórico russo Vsevolod Emilevich Meierhold (1874-1940), preso, torturado e fuzilado pela ditadura stalinista por ter sua obra considerada como inadequada. O próprio personagem, tal como um fantasma, reconstitui seu passado e se mune de convicção para ressaltar o firme caráter e a necessidade de liberdade. Em algumas passagens, assume, inclusive, um saudável didatismo. A estrutura de monólogo, b

Medeia Vozes – Celebração e resistência no extremo sul do Ceará!

A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz que desde o início do mês está na região do Cariri, se prepara para estrear nesta quarta feira (12/10) o espetáculo mais premiado na história do teatro gaúcho, Medeia Vozes. 

Na encenação da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz o mito de Medeia é reinventado. Medeia livra-se da imagem de infanticida e aparece representada em outros termos: trata-se da mulher que ousou desafiar a política estabelecida, foi punida por seu senso de independência e liberdade e banida da cidade por saber de crimes que não deviam ser revelados. A base para a criação de Medeia Vozes é o romance homônimo da alemã Christa Wolf (1929-2011). Em suas investigações, a escritora bebeu em outros estudos da arqueologia, mitologia e sociologia. Retornou às bases do matriarcado primitivo e da fundação das sociedades. Wolf tomou uma versão antiga e desconhecida do mito para afirmar Medeia como uma mulher vítima dos valores e das necessidades do patriarcado, que não cometeu nenhum dos crimes de que a tragédia de Eurípides a acusa. 

Mais informações no link: 

Compartilhamos abaixo um pouco do processo desta epopeia coletiva, no Centro Cultural RFFSA - Crato. 

























 

Este Projeto foi selecionado pelo Programa Petrobras Distribuidora de Cultura 2015/2016. As atividades contam com o apoio da Universidade Regional do Cariri, do SESC Crato e da Secretaria de Cultura CRATO – CE.

Serviço:
O que: Espetáculo Medeia Vozes da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz
Onde: Centro Cultural RFFSA (Rua Ratisbona, 189 - CRATO)  
Quando: Dias e horários de Medeia Vozes:
Dia 12 de outubro, às 19h30
Dias 13, 14 e 15 de outubro, às 0h
Dia 16 de outubro, às 19h30
Dias 19, 20, 21, 22 e 23 de outubro, às 19h30
Classificação indicativa: 16 anos
Entrada Franca. As senhas serão distribuídas 30 minutos antes do espetáculo.