SANTO/AMARGO

Quase todo mundo conhece a expressão de Marx: “é preciso mudar o mundo e não interpretá-lo”. Hélio Oiticica vislumbrou uma outra direção: “é preciso que o mundo seja mundo do homem e não mundo do mundo”. A encenação de O Amargo Santo da Purificação, novo trabalho de rua criado pela Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, de Porto Alegre, segue essa mesma vereda, trazendo à agenda um tema – a transformação do mundo – e uma personagem – Carlos Marighella – bem pouco convencionais. A realização, estreada em setembro de 2008, insere-se nas manifestações que recordam os quarenta anos de morte do líder revolucionário brasileiro. Dado o contexto, teríamos todos os elementos para mais uma peça de agitação dos oprimidos, mais um exercício para a retórica coletivista, mais uma encenação épica erigida sobre chavões. Não é o que ocorre. A primeira grande aventura do Ói Nóis foi a de privilegiar os poemas escritos pelo revolucionário e não seus discursos ou textos de militância. O material dramátic…

A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz apresenta pela primeira vez em terras Sergipanas!

É com alegria que a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz chega a Aracaju para apresentar pela primeira vez um de seus espetáculos. A apresentação de "Caliban - A Tempestade de Augusto Boal" , na cidade será uma homenagem da Tribo ao grupo sergipano Imbuaça, que neste mês de agosto completa 40 anos de trajetória.

Acreditamos que este encontro será um momento histórico em nossas trajetórias! Que bons ventos nos acompanhem!

Vida Longa ao Grupo Imbuaça  (28 de agosto de 1977)
Vida Longa a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz (31 de março de 1978)
Evoé!!!

A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz é o grupo homenageado do 20º Palco Giratório.

Foto: Fabiano Ávila

Confira a programação da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz na cidade de Aracaju nesta semana: 

15 de agosto (terça-feira)
08h às 13h – Workshop “Vivência com a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz (RS)”
Local: Sesc Unidade Centro
19h30 – Pensamento Giratório “A Censura no Teatro Brasileiro durante a Ditadura Militar” com Lindolfo Amaral/SE e Paulo Flores/RS
Local: Sede do Grupo Imbuaça 

Dia 16 de agosto (quarta-feira)
08h às 13h – Workshop “Vivência com a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz
Local: Sesc Unidade Centro

Dia 17 de agosto (quinta-feira)
16h – Espetáculo de teatro – A Tempestade de Augusto Boal” com a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz/RS
Local: Praça Fausto Cardoso

Dia 19 de agosto (sábado)
16h – Espetáculo “Caliban – A Tempestade de Augusto Boal”
com a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz/RS Local:
Praça da Matriz em Estância/SE

Dia 20 de agosto (domingo)
14h – Intercâmbio entre o Grupo Imbuaça/SE e a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz/RS
Local: Sede do Grupo Imbuaça