TRIBO DE ATUADORES ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ 44 ANOS [PARTE 19]

“Se Não Tem Pão, Comam Bolo!” tem por referência a célebre frase da rainha da França, Maria Antonieta,quando no princípio da Revolução Francesa, pressionada em seu próprio palácio pelo povo que pedia pão, pateticamente perguntou por que não comiam brioches. Encenação popular, esta fábula política recorre ao fato histórico para falar de problemas cotidianos que afligem a maioria dos brasileiros: a fome, a opressão, os desmandos do poder e a corrupção dos políticos. Os personagens são saltimbancos contadores de histórias, que de uma forma satírica e divertida cantam para o povo, nas ruas, o que a sociedade burguesa procura esconder: a luta de classes. 
    “SE NÃO TEM PÃO, COMAM BOLO!” Roteiro e direção : criação coletiva Figurinos : Arlete Cunha Adereços : Zau Figueiredo Música : Rogério Lauda Elenco : Arlete Cunha, Kike Barbosa, Rogério Lauda e Sandra Possani Intérprete em substituição : Vera Parenza Estreia : 14 de fevereiro de 1993 (Espetáculo de rua) TERREIRA DA TRIBO EU APOIO! Você

TODAS CONTRA 18!


Nesta segunda feira, dia 13 de novembro, às 18h, na Esquina Democrática em Porto Alegre, a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz soma-se à luta de milhões de mulheres de todo o Brasil, pela autonomia de decidir sobre seus próprios corpos! Na última quarta-feira, dia 08 de novembro, uma Comissão Especial da Câmara dos Deputados aprovou por 18 votos (todos os homens) contra 1 (a única mulher) a PEC 181, que acaba com o direito das mulheres de realizarem aborto em caso de estupro, anencefalia do feto ou risco de vida para a mãe, obrigando-as a manterem a gravidez até o fim, mesmo correndo risco de morte ou gerando grandes traumas psicológicos e sociais. 
Nesta avalanche de retrocessos e perda dos direitos conquistados, mais uma vez as mulheres são atacadas! Como grupo feminista e de origem nas manifestações sociais, a Tribo de Atuadores repudia esta ação da Câmara dos Deputados, somando-se à luta das mulheres em todo o Brasil, e manifesta nas ruas de Porto Alegre nesta segunda feira sua indignação a esta onda fascista que assola nosso país. 

Estaremos nas ruas! Todas contra 18! Te esperamos!