ESTÍMULO CEREBRAL

Dirceu Alves Jr. (Veja SP, 4 de dezembro de 2019)      Foto de Pedro Isaías Lucas   A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz é o principal coletivo da cena de Porto Alegre. Fundado há 21 anos, o grupo se firmou graças a uma estética provocadora e um permanente diálogo crítico junto ao público em montagens de rua ou desenvolvidas em salas fechadas. Cartaz do Teatro do Sesc Bom Retiro, Meierhold, adaptação da peça do dramaturgo argentino Eduardo Pavlovsky, concentra toda a sua força na reflexão de ideias em uma encenação com raros momentos surpreendentes. Paulo Flores interpreta o ator, diretor e teórico russo Vsevolod Emilevich Meierhold (1874-1940), preso, torturado e fuzilado pela ditadura stalinista por ter sua obra considerada como inadequada. O próprio personagem, tal como um fantasma, reconstitui seu passado e se mune de convicção para ressaltar o firme caráter e a necessidade de liberdade. Em algumas passagens, assume, inclusive, um saudável didatismo. A estrutura de monólogo, b

Em defesa da Democracia, fascistas NÃO passarão!



Os Atuadores da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz estarão hoje (23.01) junto com a maioria do povo brasileiro participando do ato público “Em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato” contra a farsa do judiciário que com a condenação de Luis Inácio Lula da Silva pretende consagrar  o golpe que em 2016 rasgou a constituição com o impeachment da presidenta eleita pelo povo.

Na programação cultural que antecede o ato, a Tribo participa às 15h, na Esquina Democrática, com a esquete “Paga Zé” da Oficina Popular de Teatro de Rua – Arte e Política” da Terreira da Tribo.



Para o júbilo o planeta está imaturo. 
É preciso arrancar alegria ao futuro.
Nesta vida morrer não é difícil.
O difícil é a vida e seu ofício.

Maiakóvski (1926)