A Casa de Fausto sob o Signo do Cruzeiro do Sul [Parte 3/Final]

Anátema e sagração da primaveraO grupo brasileiro Ói Nóis Aqui Traveiz encena o Fausto de Goethe em Porto AlegrePor Friedrich Dieckmann para a revista alemã Theater Der Zeit
 O princípio do palco simultâneo, que define toda a encenação, repete-se nas cenas de Margarida nas dimensões de um espaço com forma de sala, e o espectador pode escolher os pontos, a partir dos quais ele quer assistir aos acontecimentos; ele pode também mudar de lugar. Nos dois lados estreitos tornam-se presentes duas instâncias polares: num lado, o grupo de imobilidade estatuária, no qual aparecem, ao lado de um sacerdote, um cavaleiro e uma mulher (trata-se de Valentim e da mãe de Margarida), à semelhança de estátuas; no outro lado, a área do jardim com o lago, as pedras e as plantas, que aparece atrás de véus. O lado da igreja estende-se por todo o espaço na forma de figuras de santos (aquelas figuras carregadas da rua para dentro do recinto); a roda de fiar se encontra aqui, em cuja caixa Mefisto deposita o …

FESTA VIVA A TRIBO - 40 ANOS DE UTOPIA!

“Se vocês pensam que Nóis fomos embora
Nóis enganemo vocês
Fingimos que fumos e vortemos
Ói Nóis Aqui Traveiz!”


Sob a tríade UTOPIA, PAIXÃO e RESISTÊNCIA surgia em 1978 um coletivo que transformaria radicalmente a cena teatral no sul do país. Era a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz que chegava para deixar os seus rastros de liberdade. E é com imensa alegria - apesar dos pesares - que neste ano de 2018 estaremos celebrando os 40 ANOS de VIDA deste grupo! 

Uma festa que conta com a tua participação! E sim, será uma grande festança mesmo, para reunirmos velhos e novos amigos, para termos mais uma oportunidade de afinarmos os afetos, reinventando a UTOPIA e celebrando sempre o cio de viver para nos fortalecermos nas batalhas! 

Vale dizer que toda a verba arrecadada neste dia irá contribuir para a manutenção deste grupo, que desde o seu surgimento reafirma o seu compromisso ético com a sociedade, fazendo da arte e do encontro coletivo, um ato ritualístico potencial da existência humana.

>O festejo será no dia 24 de março, a partir das 16h no Vila Flores (R. São Carlos, 759 – Floresta)<

OS INGRESSOS JÁ ESTÃO A VENDA na Terreira da Tribo e com os integrantes do grupo e também nos PONTOS DE VENDA (infos abaixo)
Garanta já o seu ingresso, porque o primeiro lote custa apenas 15 pilas de investimento!

Para embalar o nosso encontro contamos com a participação das bandas “Roda Viva” e “Tribo Brasil”, e do DJ Fausto, com sua playlist que conta com o melhor da música popular brasileira.

Evoé!!!

“Resistir é manter abertos os vínculos com o futuro”
Paulo Flores 

>>>>> INGRESSOS: <<<<< 

PONTOS DE VENDA: 
- Papoula Café (Vila Flores)
www.facebook.com/papoulacafe

- SEDE Macuco (R. General Auto, 267 - Centro)
www.facebook.com/sedemacuco
(pagamento com cartão, taxa de R$1,00)

- ArteLoja (Térreo - Casa de Cultura Mário Quintana)
www.facebook.com/Arteloja-CCMQ-453918918084511/

Informações via Mensagem no evento, pelo email vivatribo@hotmail.com ou fone/whats: (51) 993 32 9219 c/ Luana.