A arte de transformar a realidade em poesia | Sebastião Milaré

No barco, sobre as Águas do Guaíba, afastando da Ilha do presídio e vendo as luzes de Porto Alegre às margens, tive a sensação de ver o passo derradeiro de um ritual sagrado. O que vivenciei na Ilha do presídio, ou Ilha das Pedras Brancas, tinha natureza própria ao ato litúrgico, mas era ato teatral. Teatro na acepção da arte que atualiza símbolos no Imaginário do espectador. E liturgia.

Não há contradição, pois no ato litúrgico o oficiante atualiza símbolos no imaginário dos fiéis. E foi isso que vivenciei naquela noite, caminhando pelas ribanceiras escuras, cheias de buracos e pedras, atrás de imagens que conduziam a inesperados ambientes, como as ruínas do antigo presídio ou a uma espécie de jardim de estátuas. Atores e atrizes surgiam da vegetação ou das trevas como gnomos. Ou sacerdotes de mítica seita, em celebração.




E o ritual, animado por cenas evocativas, assumidamente poéticas em atrito com as outras mais definidas e realistas, só terminaria no momento em que o barco apo…

Feira Brasileira de Opinião – Contragolpe reúne artistas para pensar situação do Brasil

Veja a matéria no Sul21.




A Terreira da Tribo de Atuadores Oi Nois Aqui Traveiz, em parceria com o Memorial Luiz Carlos Prestes, realiza, de 15 a 29 de julho, a Primeira Feira Brasileira de Opinião – Contragolpe em Porto Alegre. Mais de 50 coletivos culturais e artistas foram convidados para apresentar, através de suas obras, a sua visão sobre o momento social e político do Brasil hoje na forma de artes visuais, cênicas, música e poesia, além de debates.
Ao todo, serão 15 dias de atividades no Memorial, de terça a domingo. Todas as atividades serão gratuitas e abertas ao público em geral.  A proposta é ouvir a todas e todos e propor uma reflexão sobre as alternativas para o Brasil a partir da diversidade, do respeito, da igualdade e da luta pela retomada de direitos usurpados. O encontro se inspira na Primeira Feira Paulista de Opinião realizada em 1968 por Augusto Boal, idealizador do Teatro do Oprimido, diante da repressão e da censura da ditadura militar no Brasil da época.

Confira a programação do evento: https://feiradeopiniaoport.wixsite.com/opiniao