ESTÍMULO CEREBRAL

Dirceu Alves Jr. (Veja SP, 4 de dezembro de 2019)      Foto de Pedro Isaías Lucas   A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz é o principal coletivo da cena de Porto Alegre. Fundado há 21 anos, o grupo se firmou graças a uma estética provocadora e um permanente diálogo crítico junto ao público em montagens de rua ou desenvolvidas em salas fechadas. Cartaz do Teatro do Sesc Bom Retiro, Meierhold, adaptação da peça do dramaturgo argentino Eduardo Pavlovsky, concentra toda a sua força na reflexão de ideias em uma encenação com raros momentos surpreendentes. Paulo Flores interpreta o ator, diretor e teórico russo Vsevolod Emilevich Meierhold (1874-1940), preso, torturado e fuzilado pela ditadura stalinista por ter sua obra considerada como inadequada. O próprio personagem, tal como um fantasma, reconstitui seu passado e se mune de convicção para ressaltar o firme caráter e a necessidade de liberdade. Em algumas passagens, assume, inclusive, um saudável didatismo. A estrutura de monólogo, b

VENHA FAZER TEATRO NA TERREIRA DA TRIBO!

A Escola de Teatro Popular da Terreira da Tribo dá continuidade a sua ação formativa oferecendo duas Oficinas Teatrais abertas e gratuitas a todos interessados, a partir dos quinze anos.  A Oficina de Teatro Livre acontece aos sábados, das 14 às 17 horas, e a Oficina de Teatro Popular do Bairro São Geraldo acontece as quartas-feiras, das 19 às 22 horas. As duas Oficinas são realizadas na Terreira da Tribo, na Rua Santos Dumont, 1186.



A Oficina de Teatro Livre tem a proposta de iniciação teatral a partir de jogos dramáticos, expressão corporal e improvisações, e se desenvolve todo o ano sem interrupções, visando estimular o interesse pelo teatro e a busca da descolonização corporal do artista/cidadão.


A Oficina de Teatro Popular do Bairro São Geraldo faz parte da ação Teatro Como Instrumento de Discussão Social, que tem como objetivo  fomentar a organização de grupos culturais nos bairros populares. Para abrir espaço para sensiblização e experiência do fazer teatral, apostando no teatro como instrumento de indagação e conhecimento de si mesmo e do mundo, assim como veículo de formação, informação e transformação social.


A Escola de Teatro Popular oferece Oficinas Teatrais teóricas  e   práticas que buscam através da construção do conhecimento favorecer a emergência do artista competente não apenas no desempenho de seu ofício, mas também preocupado no seu desenvolvimento como cidadão.   Também realiza anualmente Seminários e Ciclos de debates  reunindo  atores, diretores, pesquisadores e professores para discutir questões da cena contemporânea.