A Casa de Fausto sob o Signo do Cruzeiro do Sul [Parte 3/Final]

Anátema e sagração da primaveraO grupo brasileiro Ói Nóis Aqui Traveiz encena o Fausto de Goethe em Porto AlegrePor Friedrich Dieckmann para a revista alemã Theater Der Zeit
 O princípio do palco simultâneo, que define toda a encenação, repete-se nas cenas de Margarida nas dimensões de um espaço com forma de sala, e o espectador pode escolher os pontos, a partir dos quais ele quer assistir aos acontecimentos; ele pode também mudar de lugar. Nos dois lados estreitos tornam-se presentes duas instâncias polares: num lado, o grupo de imobilidade estatuária, no qual aparecem, ao lado de um sacerdote, um cavaleiro e uma mulher (trata-se de Valentim e da mãe de Margarida), à semelhança de estátuas; no outro lado, a área do jardim com o lago, as pedras e as plantas, que aparece atrás de véus. O lado da igreja estende-se por todo o espaço na forma de figuras de santos (aquelas figuras carregadas da rua para dentro do recinto); a roda de fiar se encontra aqui, em cuja caixa Mefisto deposita o …

SELECIONADOS PARA O TEATRO RITUAL (MÓDULO II)


SELECIONADOS PARA O TEATRO RITUAL (MÓDULO II)
OFICINA COM A TRIBO DE ATUADORES ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ

AMANDA GATTI
CLAUDIA SEVERO
DIJEAN WILIAN BUENO DA COSTA
FABRICIO CUÑA MIRANDA
FELIPE DE ARAUJO LUZ
FERNANDA BEZERRA
FREDERICO VITTOLA
HELEN MEIRELES SIERRA
JÚLIA CAROLINE FAVORETTO PRUDÊNCIO
MARCIO LEANDRO DE LIMA VICENTE
MARINA CORRÊA MACHADO
NATÁLIA MENEGUZZI
RAFAEL TORRES FERNANDES
RAPHAEL COSTA SANTOS
RAUL RIBEIRO BEZERRA

     Início da Oficina  dia 28 de janeiro ás 9 horas na Terreira da Tribo.