NOVA TEMPORADA DE MEIERHOLD

Meierhold”, a nova encenação coletiva da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, continua em temporada até 13 de abril. Quintas, sextas e sábados, às 20 horas, na Terreira da Tribo. “Meierhold” recebeu indicação ao prêmio Açorianos 2018 para melhor espetáculo, melhor ator (Paulo Flores), melhor atriz coadjuvante (Keter Velho) e para melhor iluminação (Clélio Cardoso). Os ingressos a R$ 40,00 e R$ 20,00 podem ser adquiridos de forma antecipada via on line na plataforma Sympla (com taxas) e na Terreira da Tribo (rua Santos Dumont, 1186).
“Meierhold” é uma adaptação livre de “Variaciones Meyerhold” do dramaturgo, ator e psicanalista argentino Eduardo Pavlovsky. No centro da encenação o célebre ator, diretor e teórico russo – Meierhold – cujo discurso inovador e revolucionário o transformou em um dos maiores pensadores do teatro mundial. A encenação de “Meierhold” reflete sobre o seu discurso artístico e os relaciona com momentos dramáticos de sua trajetória pessoal, envolv…

TERREIRA DA TRIBO EU APOIO!

A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz lança a partir de 18 de março a campanha TERREIRA DA TRIBO EU APOIO! com uma programação, com entrada franca, nas noites de segundas e terças-feiras. Todas as segundas-feiras acontece o Cineclube da Terreira com a exibição de filmes seguidos de debates, e nas terças-feiras shows musicais vão alternar com encenações de teatro e performance. O Cineclube da Terreira a cada semana trará um tema: Curtas Gaúchos em debate, Cinema e História, Cinema e Teatro e Cinema e seus Criadores. A programação acontecerá sempre às 20 horas, com senhas distribuidas a partir das 19 horas, na Terreira da Tribo (rua Santos Dumont 1186). A Terreira da Tribo que sempre ocupou prédios privados pagando onerosos alugueis se encontra num momento dramático para conseguir viabilizar a sua existência. “Terreira da Tribo – Eu Apoio” é uma campanha de apoio coletivo e permanente que a Tribo acaba de lançar na plataforma virtual da Benfeitoria como forma de manutenção do espaço da Terreira que completa 35 anos de existência na cidade de Porto Alegre. Mais informações em www.benfeitoria.com/terreiradatribo .


Abrindo a programação, no dia 18 de março, serão exibidos os curtas-metragens “Secundas” de Cacá Nazario, “Teto sobre Nós” de Bruno Carboni e “Yomared” de Lufe Bollini seguido de debate com os diretores. Na terça-feira, dia 19 de março, dança butoh com “A Música não tocada” de Hiroshi Nishiama e Ana Medeiros.
Cena do filme "Secundas"
Secundas” registra o movimento de estudantes que foram presos e agredidos pela polícia ao ocupar a Secretaria da Fazenda do RS. Organizados em um Comitê de Escolas Independentes (CEI), os secundaristas protagonizaram uma jornada de lutas e ocupações nas escolas públicas do Estado. O documentário investiga os reflexos traumáticos que estes estudantes vivenciam na espera da decisão judicial que pode condená-los. Ocupar as ruas e reorganizar os espaços é o alvo daqueles que são excluídos dos processos de decisão e que, por meio da ação direta, com seu próprio corpo, buscam traçar seu destino. Foi escolhido o melhor curta gaúcho do Festival de Gramado 2017 e curta do ano de 2017 pela Associação Críticos de Cinema do RGS.
Em “Teto sobre Nós” ocupantes de um prédio abandonado recebem a notícia que podem ser despejados a qualquer momento. Enquanto a personagem Anna tenta lidar com a notícia, ela se depara com um misterioso homem deitado em sua cama.  O Teto sobre nós estreou na competição Leopards of Tomorrow do 68º Festival de Locarno. Atualmente Bruno Carboni trabalha no seu primeiro longa-metragem solo, O Acidente.
 “Yomared”, de Lufe Bollini e Mariana Yomared, é um documentário sobre uma bambolista mexicana que viveu algum tempo no Vale Do Anhangabaú no centro de São Paulo. Livremente inspirado no capitulo "O segredo como assassinos" do livro "Mulheres que correm com os lobos" de Clarissa Pinkola Estés, o diretor e montador Lufe Bollini, acompanha o dia a dia de Mariana Yomared na intimidade e através de suas narrações sobre sonhos enigmáticos e histórias de violência do patriarcado. Uma criação através de uma relação afetuosa em que a câmera foi o dispositivo para um singelo olhar sobre o feminino. Melhor montagem, melhor atriz e melhor música na mostra Gaúcha do 45˚ Festival Internacional de Cinema de Gramado(2017).
Hiroshi Nishiama (A Música Não Tocada)
Em A Música Não Tocada”, Ana Medeiros e Hiroshi Nishiyama exploram aquilo que no Japão se chama Ma: o silêncio, e o intervalo em relação ao tempo e ao espaço. Segundo as tradições religiosas japonesas, para o sagrado entrar é preciso Ma estar presente, quase como abrindo um portal entre um mundo e outro. É mergulhando nesse universo que os  bailarinos exploram as seguintes questões: o que habita o silêncio? E o que incorpora o vazio? A Música Não Tocada traz como elemento primordial de seu conceito artístico o diálogo da dança com delicadas texturas musicais, dessa vez criadas pelo músico Duda Cunha, frequente colaborador de Ana Medeiros em inúmeros projetos dedicados ao butoh em Porto Alegre. Duda, que já venceu o Prêmio Açorianos pela trilha sonora que assinou junto a Jorge Peña para o espetáculo O Sentido Se Sente Com o Corpo, executa ao vivo as criações que conduzem a dança de Ana e Nishiyama por um caminho ancestral e por um universo muito particular. Hiroshi Nishiyama por 25 anos foi aluno de Kazuo Ohno e continua a frequentar o Kazuo Ohno Dance Studio. Em 2016 é convidado para vir a Porto Alegre e dançar no espetáculo Caminhos Pelos Quais, de Ana Medeiros, que teve estreia no Instituto Líng. A bailarina e coreógrafa gaúcha Ana Medeiros movimentou o cenário cultural de Porto Alegre ao trazer para a capital gaúcha toda a sua experiência com o butoh, dança vanguardista japonesa criada na década de 1950 por Kazuo Ohno e Tatsumi Hijikata. Ao longo de sua trajetória também morou 23 anos em Nova York se especializando em dança moderna na Martha Graham School of Contemporary Dance, e já apresentou suas coreografias em países como França, Holanda e Japão. A apresentação de A Música Não Tocada na Terreira da Tribo tem a participação especial da atuadora Tânia Farias. O espetáculo tem iluminação de Kyrie Lucas Isnardi e produção de Betina Carminatti.

TERREIRA DA TRIBO EU APOIO!



PROGRAMAÇÃO MARÇO 2019


Dia 18/03 (Segunda-feira) 20 h - Curtas gaúchos em debate
Com os filmes "Secundas" de Cacá Nazario, "Teto sobre nós" de Bruno Carboni e "Yomared" de Lufe Bollini e debate com os diretores.

Dia 19/03 (Terça-feira) 20 h - "A Música não tocada"
Dança Butoh com Hiroshi Nishiama e Ana Medeiros.

Dia 25/03 (Segunda-feira) 20 h - Cinema e História
Com o filme "Queimada" de Gillo Pontecorvo e debate com a professora Clarice Falcão.

Dia 26/03 (Terça-feira) 20 h - "Palhaço, demasiado palhaço" Teatro com Fábio Castilhos.


PROGRAMAÇÃO ABRIL 2019


Dia  1/04 (Segunda-feira) 20 h - Cinema e Teatro
Com o filme "Viúvas Performance sobre a Ausência" de Pedro Isaías Lucas e debate com ex-preso político Paulo de Tarso.

Dia  2/04 (Terça-feira) 20 h- "Evocando os Mortos Poéticas da Experiência"
Desmontagem com Tânia Farias. da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz

Dia  8/04 (Segunda-feira) 20 h - Cinema e seus Criadores
Com o filme "O Deserto Vermelho" de Michelangelo Antonioni e debate com o crítico Marcus Mello (Cinemateca Capitólio).

Dia 9/04 (Terça-feira) 20 h - Show Musical
Com Johann Alex de Souza, Michele Cavalcanti e Rafael Erê.

Dia 15/04 (Segunda-feira) 20 h- Curtas gaúchos em debate
Com os filmes "Catadora de Gente" de Mirela Kruel e "Corpo Feminino" de Thaís Fernandes e debate com as diretoras.

Dia 16/04 (Terça-feira) 20 h - "Obs Cenas"
Teatro com Arlete Cunha.

Dia  22/04 (Segunda-feira) 20 h - Cinema e História
Com o filme "Estado de Sítio" de Costa-Gavras e debate com Jair Krischke (Presidente do Movimento de Justiça e Direitos Humanos).

Dia 23/04 (Terça-feira) 20 h - Show Musical
Com Zé da Terreira.

Dia 29/04 (Segunda-feira) 20 h - Cinema e Teatro
com o filme "Medeia" de Pier Paolo Pasolini e debate com o professor doutor Francisco Marshall.

Dia 30/04 (Terça-feira) 20 h - "Frida Kahlo - A Revolução"
Teatro com Juçara Gaspar.


PROGRAMAÇÃO MAIO 2019


Dia  6/05 (Segunda-feira) 20 h - Cinema e seus Criadores
Com o filme "Paixão dos Fortes" de John Ford e debate com o cineasta e professor Milton Prado.

Dia 7/05 (Terça-feira) 20 h - Show Musical
Com Alexandre Vieira.

Dia 13/05 (Segunda-feira) 20 h - Curtas gaúchos em debate
Com os filmes "Nhemonguetá" de Paola Mallmann e Eugênio Barboza e Tekoha H'ae Tetã - Aldeia e Cidade de Alberto Alvares e debate com os diretores.

Dia 14/05 (Terça-feira) 20 h - "Viral"
Teatro com o grupo Teatro Sarcaústico.

Dia 20/05 (Segunda-feira) 20 h - Cinema e História
Com o filme "Dr. Fantástico" de Stanley Kubrick e debate com professor doutor Luis Dario Teixeira.

Dia 21/05 (Terça-feira) 20 h - Show Musical
Com Cecé Pássaro e Pablo Lanzoni.

Dia 27/05 (Segunda-feira) 20 h - Cinema e Teatro
Com o filme "A Vida de Galileu" de Joseph Losey e debate com a professora doutora Paulina Nólibos.

Dia 28/05 (Terça-feira) 20 h - "Brasil Pequeno"
Teatro com Genifer Gerhardt.

ENTRADA FRANCA


TERREIRA DA TRIBO
Rua Santos Dumont 1186