Violeta Parra - Uma Atuadora! No Sarau do Solar

13/agosto - Sarau Especial - 18h | Transmissão ao vivo
Tânia Farias em Violeta Parra, uma Atuadora| Latino-americana
O Sarau do Solar é realizado pela Assembleia desde 1993, quando foi inaugurada a restauração do Solar dos Câmara (Duque de Caxias, 968), construção histórica que desde então concentra a maior parte das iniciativas culturais do Parlamento gaúcho. O projeto consiste na promoção de espetáculos musicais, com entrada franca, em temporadas anuais que vão de março a dezembro. Por sua relevância para a cidade, foi agraciado por Honra ao Mérito no Prêmio Açorianos de Música 2006, concedido pela Secretaria de Cultura de Porto Alegre.Compatibilizando as expectativas de uma plateia com alto grau de fidelidade, o projeto busca alternar vertentes e tendências. Os objetivos são estimular a pluralidade da produção gaúcha e propiciar acesso universal às mais variadas expressões da cultura musical local, regional, nacional e internacional.

TEM MÚSICA NA TABA! COM ZÉ DA TERREIRA

Nesta terça-feira, dia 23 de abril, às 20 horas, tem o Show Musical "A Fernando Machado apresenta: Paulinho Betanzo, Rafael Erê e Zé da Terreira", na Terreira da Tribo (Rua Santos Dumont, 1186), com entrada franca. O show traz clássicos da MPB de compositores como Noel Rosa, Nelson Cavaquinho, Paulo César Pinheiro, Cartola, João Gilberto e Adoriran Barboza. Tem Música na Taba! faz parte da programação “Terreira da Tribo Eu Apoio!” - que é uma campanha de financiamento coletivo e permanente para a manutenção do espaço cultural Terreira da Tribo, através de uma plataforma online. As pessoas interessadas em colaborar na campanha podem fazer uma assinatura mensal no link www.benfeitoria.com/terreiradatribo.




José Carlos Peixoto, o Zé da Terreira, personalidade do meio cultural de Porto Alegre, cantor e ator, nasceu em Rio Grande, em 1945. Em 1969 estudou no Departamento de Arte Dramática da UFGRS. Foi para o Rio de Janeiro em 1970, participou do Festival Universitário de Música Brasileira e do elenco da primeira montagem da ópera-rock Hair. Depois de atuar em diferentes encenações do teatro profissional carioca, Zé da Terreira participou do grupo Tá Na Rua, dirigido por Amir Haddad. Em 1984, de volta a Porto Alegre, participa do início do teatro de rua da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz. Com a Tribo encenou “A Exceção e a Regra”, de Bertolt Brecht. Desde então vem atuando como cantor e ator na cidade. Montou os shows “Césio 137”, “Tiro ao Álvaro” e “África-Brasil, entre outros. Em 2000, recebeu da Câmara Municipal de Porto Alegre o Prêmio Qorpo Santo pelos inúmeros serviços prestados à cultura local. Em 2002, lança o CD “Quem Tem Boca é Pra Cantar”. E em 2009 o prêmio do IPHAN – Personagens do Centro de POA. Atualmente , Zé atua na peça solo “Cartagena”.