ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ 44 ANOS [PARTE 2]

    Com um mês de atividades o Teatro Ói Nóis Aqui Traveiz foi interditado pela Secretaria de Segurança. Aí começou uma longa campanha pela reabertura do teatro. O fechamento agravou a situação econômica do grupo e a saída de alguns dos seus integrantes. Para vencer a crise o grupo buscou outros espaços para encenar o seu espetáculo. Também é o momento em que o grupo começou a compartilhar as suas experiências através de uma oficina de teatro. E é principalmente com os jovens desta oficina que criou a montagem de “A Bicicleta do Condenado”, do espanhol Fernando Arrabal: um preTexto para a reVolta do Ói Nóis Aqui Traveiz. Durante o processo de criação integrantes do grupo foram presos em manifestações contra a ditadura. Essa experiência de repressão e violência foi canalizada para a cena. A reabertura do Teatro trouxe para a encenação uma história de opressão e horror, onde duas pessoas tentam sobreviver em um lugar comandado por uma ordem militar. Se no primeiro espetáculo o público fi

TEM MÚSICA NA TABA! “(Re) Novo” show musical com Alexandre Vieira ENTRADA FRANCA

Nesta terça-feira, dia 7 de maio, Tem Música na Taba! apresenta o show musical “(Re) Novo” com Alexandre Vieira e grupo, na Terreira da Tribo (rua Santos Dumont, 1186), às 20 horas, com entrada franca. Tem Música na Taba! Faz parte da programação cultural da campanha “Terreira da Tribo – Eu Apoio!”. A Terreira da Tribo que sempre ocupou prédios privados pagando onerosos alugueis se encontra num momento dramático para conseguir viabilizar a sua existência. “Terreira da Tribo – Eu Apoio” é uma campanha de apoio coletivo e permanente que a Tribo lançou na plataforma virtual da Benfeitoria como forma de manutenção do espaço da Terreira que completa este ano 35 anos de existência na cidade de Porto Alegre. Mais informações em www.benfeitoria.com/terreiradatribo .



O grupo que apresenta “(Re) Novo” é formado por Alexandre Vieira, Alice Gross, Angelo Primon, Débora Dreyer, Pablo Lanzoni - incluindo a participação de Lila Borges. O show apresentará novas e velhas canções autorais, em versões recheadas de cordas e vozes. Tendo como base o repertório do álbum Alexandre Vieira - NOVO, lançado ao final de 2017, o set contará também com canções da nova safra do autor, além de músicas de seu primeiro disco, Blues Chacarera, de 2005.