DUAS CARTAS PARA MEYERHOLD

  Carta de Henrique Saidel   Fotos de Eugênio Barboza, Lucas Gheller e Pedro Isaias Lucas Porto Alegre, inverno de 2020 Querido Meyerhold, Escrevo esta carta como quem escreve algo de muito importante, como quem escreve algo que lhe causa um tanto de medo e hesitação, como alguém que deseja escrever coisas bonitas, coisas inesquecíveis, inteligentes, coisas revolucionárias, coisas que estejam à altura da tua arte, do teu teatro, da tua vida. Escrevo esta carta depois de ter escrito “Querido Meyerhold”, ali no topo da página, há vários dias e depois de ter ficado vários dias sem escrever mais nada, apenas olhando a página em branco e pensando em todas as coisas bonitas, inesquecíveis, inteligentes e revolucionárias que eu poderia dizer para você e a teu respeito. Escrevo esta carta mais de um ano depois de ter visto (duas vezes) a peça que o Ói Nóis Aqui Traveiz fez com você no título e como personagem, e mais de dezenove ou vinte anos depois de te ler pela primeira v

TEM MÚSICA NA TABA!Shows musicais voltam com tudo dias 23 e 24 de setembro na Terreira da Tribo!


ENTRADA FRANCA

Nos dias 23 e 24 de setembro a música ocupa a Terreira da Tribo com bandas e músicos da nossa cidade, sempre às 20h e com Entrada Franca (rua Santos Dumont, 1186). "Tem Música na Taba!" faz parte da programação cultural da campanha “Terreira da Tribo – Eu Apoio!”. A Terreira da Tribo que sempre ocupou prédios privados pagando onerosos alugueis se encontra num momento dramático para conseguir viabilizar a sua existência. 



Na segunda-feira dia 23 a música de antigamente tem o ânimo renovado com a proposta do grupo "Volto Pra Te Ver". A banda surge no cenário porto alegrense cantando clássicos do Samba e da MPB, num encontro musical que traz ao público uma sonoridade apurada somada à alegria de jovens amantes da música popular brasileira. O grupo é formado por Mauro Moura (Voz e Cavaco), Alexandre dos Santos (Violão), José Neto (Sopros), Maicon Ouriques e Igor Peres (Percussão). 

Já na terça-feira dia 24 chega ao palco da Terreira da Tribo o músico Andrei da Silva, com seu projeto "DaSilva" com música autoral de resgate à ancestralidade da maior família brasileira: os "DaSilva". No repertório, o artista apresenta músicas autorais que expressam seu olhar sobre o cotidiano da nossa cidade, e do povo alegre e lutador. 


Colaborando também com nossa campanha o poeta, cantor e compositor paraense Rafael Sarmento também compartilha seu trabalho autoral que transita entre a poesia falada e o cancioneiro popular, com pitadas de cada ritmo que já ouviu na vastidão do país. Para fechar a noite de terçao atuador e músico Roberto Corbo apresenta suas canções para peças teatrais e alguns exercícios cênicos das oficinas de teatro da Terreira da Tribo.  O show “Entre o Acorde e o Palco”, violão e voz, ainda em processo de criação, é um apanhando de mais de 20 anos de pesquisa. Junto a Roberto no palco neste primeiro show teremos a participação de Daimar Oliveira músico e baixista da banda “Moveis de escritório”. 


Acesse mais informações sobre a campanha de apoio permanente em www.benfeitoria.com/terreiradatribo.