Artistas na Rua Fora Bolsonaro - Porque derrubá-lo é Urgente!

 Culuna de Tânia Farias em Brasil de Fato . Ato Fora Bolsonaro em Porto Alegre: "Há muitas ações sendo gestadas, não sairemos das ruas enquanto não derrubarmos o genocida do poder" - Foto: Mari Martinez A clareza de que Bolsonaro hoje é mais letal que o vírus fez com que perdessem o medo "É preciso estancar essa sangria!!! Um homem sem juízo e sem noção não pode governar essa nação!" Essas são algumas das frases da canção de Zeca Baleiro, entoada pelo movimento Artistas pelo Impeachment, que reúne artistas de todo o país. O clipe “Desgoverno” tem claramente incomodado os ainda apoiadores do governo genocida e corrupto de Bolsonaro, Mourão e os militares. A população, atingida pelo descaso e pela fome, tem saído as ruas. A clareza de que Bolsonaro hoje é mais letal que o vírus fez com que perdessem o medo. Nesse caldo e ação estamos também nós, os artistas e trabalhadores da cultura

TEM MÚSICA NA TABA!Shows musicais voltam com tudo dias 23 e 24 de setembro na Terreira da Tribo!


ENTRADA FRANCA

Nos dias 23 e 24 de setembro a música ocupa a Terreira da Tribo com bandas e músicos da nossa cidade, sempre às 20h e com Entrada Franca (rua Santos Dumont, 1186). "Tem Música na Taba!" faz parte da programação cultural da campanha “Terreira da Tribo – Eu Apoio!”. A Terreira da Tribo que sempre ocupou prédios privados pagando onerosos alugueis se encontra num momento dramático para conseguir viabilizar a sua existência. 



Na segunda-feira dia 23 a música de antigamente tem o ânimo renovado com a proposta do grupo "Volto Pra Te Ver". A banda surge no cenário porto alegrense cantando clássicos do Samba e da MPB, num encontro musical que traz ao público uma sonoridade apurada somada à alegria de jovens amantes da música popular brasileira. O grupo é formado por Mauro Moura (Voz e Cavaco), Alexandre dos Santos (Violão), José Neto (Sopros), Maicon Ouriques e Igor Peres (Percussão). 

Já na terça-feira dia 24 chega ao palco da Terreira da Tribo o músico Andrei da Silva, com seu projeto "DaSilva" com música autoral de resgate à ancestralidade da maior família brasileira: os "DaSilva". No repertório, o artista apresenta músicas autorais que expressam seu olhar sobre o cotidiano da nossa cidade, e do povo alegre e lutador. 


Colaborando também com nossa campanha o poeta, cantor e compositor paraense Rafael Sarmento também compartilha seu trabalho autoral que transita entre a poesia falada e o cancioneiro popular, com pitadas de cada ritmo que já ouviu na vastidão do país. Para fechar a noite de terçao atuador e músico Roberto Corbo apresenta suas canções para peças teatrais e alguns exercícios cênicos das oficinas de teatro da Terreira da Tribo.  O show “Entre o Acorde e o Palco”, violão e voz, ainda em processo de criação, é um apanhando de mais de 20 anos de pesquisa. Junto a Roberto no palco neste primeiro show teremos a participação de Daimar Oliveira músico e baixista da banda “Moveis de escritório”. 


Acesse mais informações sobre a campanha de apoio permanente em www.benfeitoria.com/terreiradatribo.