ESTÍMULO CEREBRAL

Dirceu Alves Jr. (Veja SP, 4 de dezembro de 2019)      Foto de Pedro Isaías Lucas   A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz é o principal coletivo da cena de Porto Alegre. Fundado há 21 anos, o grupo se firmou graças a uma estética provocadora e um permanente diálogo crítico junto ao público em montagens de rua ou desenvolvidas em salas fechadas. Cartaz do Teatro do Sesc Bom Retiro, Meierhold, adaptação da peça do dramaturgo argentino Eduardo Pavlovsky, concentra toda a sua força na reflexão de ideias em uma encenação com raros momentos surpreendentes. Paulo Flores interpreta o ator, diretor e teórico russo Vsevolod Emilevich Meierhold (1874-1940), preso, torturado e fuzilado pela ditadura stalinista por ter sua obra considerada como inadequada. O próprio personagem, tal como um fantasma, reconstitui seu passado e se mune de convicção para ressaltar o firme caráter e a necessidade de liberdade. Em algumas passagens, assume, inclusive, um saudável didatismo. A estrutura de monólogo, b

"Eu, Pessoa e os Outros Eus" Teatro com Entrada Franca Na Terreira da Tribo

               "Eu, Pessoa e os Outros Eus" monólogo sobre a vida e obra do poeta português Fernando Pessoa, com o ator Jairo Klein, será encenado nos dias 18 e 19 de novembro, às 20 horas, com entrada franca, na Terreira da Tribo(rua Santos Dumont, 1186). As apresentações fazem parte da campanha TERREIRA DA TRIBO EU APOIO!



                 "Eu, Pessoa e os Outros Eus" é um espetáculo que dá vida e voz à obra literária de Fernando Pessoa, poeta português, e aos seus heterônimos mais conhecidos: Alberto Caeiro (Seu mestre e poeta da natureza; Ricardo Reis (das Odes, clássico, pagão, existencialista radical) e  Álvaro de Campos  (o poeta das sensações). O ator Jairo Klein traz uma dramaturgia visceral na interpretação desse personagem, o qual surgiu após uma pesquisa e performance ao longo de mais de vinte anos. No espetáculo solo vê-se a passagem nítida e múltipla por cada um dos heterônimos mais conhecidos de Fernando Pessoa num jogo dinâmico e vibrante de um personagem vivo com texto fluente e atrativo, revelando o universo real e metafísico do autor.
                  O espaço cênico intimista é dividido em três planos: Da realidade; da Ilusão e da memória, transportando o público para uma dimensão visceral e questionadora, traduzindo o seu conteúdo próprio e as variações de seus outros “eus”. Pesquisa, Roteiro, Direção e atuação de JAIRO KLEIN, com  Produção e operação técnica  de SANDRO LOPES.

              “Terreira da Tribo – Eu Apoio!” é uma campanha de apoio coletivo e permanente que a Tribo lançou na plataforma virtual da Benfeitoria como forma de manutenção do espaço da Terreira que completou 35 anos de existência na cidade de Porto Alegre. Mais informações em www.benfeitoria.com/terreiradatribo  .