Santos Amargos

Paulo Bio Toledo - (Cavalo Louco Revista de teatro, dezembro de 2009)
[...] O dom de Despertar no passado as centelhas da esperança é um privilégio exclusivo do Historiador convencido de que também os mortos não estarão em segurança se o inimigo vencer. E esse inimigo não tem cessado de vencer.
Walter Benjamin Sobre o conceito da história
Necrofilia é o amor ao futuro Heiner Müller

Fotos de Pedro Isaias Lucas 
Anjos
A famosa metáfora do anjo da história do pensador alemão Walter Benjamin – interpretação poética da pintura Angelus Novus, de Paul Klee – retrata um anjo que observa o passado amontoado de entulho e destroços da civilização, mas não pode parar, é incessamente puxado ao futuro pelos ventos do Progresso.
Heiner Müller reescreve a imagem. Seu anjo olha a frente. Observa o futuro “represado, esmagando seus olhos”, mas a pilha de destroços é mais rápida que ele e o comprimento no instante: entre o passado e o futuro.Imobilizado, esmagado. Até que: “um renovado rufar de pod…

EM MAQUINÉ: Violeta Parra - Uma Atuadora! | 29/02



A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz celebra a sua performance Cênico Musical "Violeta Parra - Uma Atuadora!". Apresenta um repertório que mistura o andino com ritmos brasileiros na voz da atuadora Tânia Farias e do violonista e compositor Mário Falcão. Com esse viés mestiço a performance veste as canções deste ícone da arte da América do Sul. Violeta Parra, cantora e violonista desde criança, pesquisou ritmosm danças e canções populares, transformando-se em ponta de lança do movimento da "Nueva Canción" que projetou a música chilena no mundo. Conhecida no Nrasil principalmente pelas composições "Gracias a la vida" e "Volver a los 17", seu legado é inestimável para a música engajada latino-americana.
O coral Arai Hovy (Céu Azul) vai abrir a performance, apresentando músicas e danças do repertório tradicional Mbya Guarani. o coral é anfitrião do espaço, tendo suas raízes na Tekoa Ka'Aguy Porã.