ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ 44 ANOS [PARTE 2]

    Com um mês de atividades o Teatro Ói Nóis Aqui Traveiz foi interditado pela Secretaria de Segurança. Aí começou uma longa campanha pela reabertura do teatro. O fechamento agravou a situação econômica do grupo e a saída de alguns dos seus integrantes. Para vencer a crise o grupo buscou outros espaços para encenar o seu espetáculo. Também é o momento em que o grupo começou a compartilhar as suas experiências através de uma oficina de teatro. E é principalmente com os jovens desta oficina que criou a montagem de “A Bicicleta do Condenado”, do espanhol Fernando Arrabal: um preTexto para a reVolta do Ói Nóis Aqui Traveiz. Durante o processo de criação integrantes do grupo foram presos em manifestações contra a ditadura. Essa experiência de repressão e violência foi canalizada para a cena. A reabertura do Teatro trouxe para a encenação uma história de opressão e horror, onde duas pessoas tentam sobreviver em um lugar comandado por uma ordem militar. Se no primeiro espetáculo o público fi

SELECIONADOS PARA A OFICINA DE TEATRO DE RUA - ARTE E POLÍTICA (PRIMEIRA CHAMADA)


1. Ariane Diniz Vizzoto
2. Bruno Fantinelli
3. Clenir dos Santos
4. Hilton Fernandes Alves
5. Jorge Alberto Gil Nazario
6. Laura Fernandes Ricacheneisky
7. Lucas Gheller Rocha
8. Marcio Menezes
9. Paloma Sanchez
10. Paola da Fontoura da Silva
11. Raul Ribeiro Bezerra
12. Vinicius Zanini Bock

O início das aulas da Oficina de Teatro de Rua - Arte e Política foram prorrogadas para o dia 9 de março/2020.