UBU TROPICAL!

UBU REI DE ALFRED JARRY - TRAD. FERREIRA GULLAR Ói Nóis ConVIDA   💥💥💥💥💥💥 OFICINA PRESENCIAL NA TERREIRA DA TRIBO 💥💥💥💥💥💥 Essa vai pra todes que vem perguntando sobre as oficinas da Terreira. A boa nova é que faremos duas oficinas ainda este mês. Para quem ainda não está sabendo, neste momento o grupo começa a se debruçar sobre nova pesquisa com o intento de criar um UBU TROPICAL. A partir da personagem Pai Ubu, icônica para todo o teatro ocidental que influenciou as vanguardas em todas as partes do mundo, o grupo visa criar um estudo público do teatro de Alfred Jarry e do Tropicalismo.  Ainda no "Ciclo I: Estudos", iremos oferecer duas oficinas de compartilhamento que acontecerão nos dias 26 e 28 de outubro, das 19 às 22H na Terreira da Tribo. Dia 26 o mote será a personagem PAI UBU e dia 28 o TROPICALSIMO. Atenção para os detalhes. 👇🏼👇🏼👇🏼 🔥serão oferecidas 12 vagas para cada oficina. As oficinas serão gratuitas e independentes uma da outra.  Portanto, preci

A VIDA DE UM INCOMPREENDIDO


A TRIBO DE ATUADORES ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ
APRESENTA A OBRA DO RUSSO MEIERHOLD 

Eduardo Nunomura
(Carta Capital, 6 de dezembro de 2019)





Três últimas oportunidades para ver Meierhold, montagem do grupo Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz no Sesc Bom Retiro. O espetáculo é uma homenagem ao ator, diretor e teórico russo Vsevolod Meierhold, artista executado pela ditadura de Joseph Stalin cuja obra chegou a ser banida na antiga União Soviética até 1955. Ele foi um dos principais atores do mítico Teatro de Arte de Moscou, de Constantin Stanislavski e Vladimir Danchenko. Era um experimentador por excelência e, talvez por isso, tornou-se um incompreendido pelo regime comunista. 
 
Foto de Eugênio Barboza



O ator Paulo Flores interpreta Meierhold em um relato póstumo, intercalando lembranças fragmentadas sobre marcos de sua carreira. Além de retratar a dedicação do artista russo pela encenação, o espetáculo reflete também as perseguições que sofreu até a sua morte. Flores contracena com a atriz Keter Velho, que interage quase silenciosamente em diferentes papéis, inclusive o da atriz Zinaida Reich, sua amante, que também fora assassinada. Meierhold foi um obcecado pesquisador da arte dramática, investigando desde o teatro popular, as improvisações, a pantomima, o grotesco e a commedia dell’arte. A peça é uma adaptação livre de Variaciones Meyerhold, do Argentino Eduardo Pavlovsky.