TERREIRA DA TRIBO 37 ANOS DE (R)EXISTÊNCIA

Artigo publicado no Correio do Povo em 11 de setembro de 2021. Fotos de Pedro Isaias Lucas.     No dia 14 de julho de 1984 a Terreira da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz abria as suas portas para o público. Com um show de rock-punk que reuniu as bandas Replicantes e Urubu Rei, entre outras. Logo em seguida o Ói Nóis Aqui Traveiz encenou na nova casa “A Visita do Presidenciável ou Os Morcegos estão Comendo os Abacates Maduros”, uma parábola sobre o momento político que o Brasil vivia, com a saída dos militares de cena e a entrada de um governo civil. E anunciava para toda cidade “...todas as pessoas gostam de cantar, dançar, representar, pintar, fotografar. Qualquer pessoa é capaz de criar e a Terreira da Tribo está aí para isso”. E nesses 37 anos de atividades a Terreira da Tribo abrigou as mais diversas manifestações culturais como espetáculos de teatro, shows musicais, ciclos de filmes e vídeos, seminários, debates, performances e celebrações. Hoje a Terreira é reco

TEATRO MEMÓRIA EM CARTAZ

Teatro Memória em Cartaz foi contemplado pelo Edital Criação e Formação – Diversidade das Culturas, promovido pela @sedac_rs em parceria com a @fundacao_marcopolo.
 



 

Este projeto tem como objetivo iniciar o processo de preservação da memória material da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, com 43 anos de trajetória e que transpassa e transforma salas e o espaço público das ruas com sua produção. Atualmente é o grupo de teatro com maior tempo de atuação no município de Porto Alegre e um dos mais longevos em atividades no Brasil. O objeto do projeto é a coleção de cartazes de espetáculos da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz.

 




Serão realizadas as seguintes ações, para alcançarmos o objetivo proposto:


🖌️ Higienização de todos os cartazes de espetáculos da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz;
📷 Digitalização dos cartazes em alta resolução;
📂 Acondicionamento adequado do acervo;
🔎 Realização de pesquisa e registro de memória oral sobre cartazes da coleção;
🖥️ Implementação de Repositório Digital para divulgação do acervo;
📝 Catalogação completa da coleção;
📒 Formação sobre conservação preventiva de acervos museológicos para profissionais envolvidos no projeto;
🎙️Oferecimento de formação online, através do Webinário Performances da Memória, aberta ao público;
📽️ Produção audiovisual “Ói Nóis: Entre Cartazes e Memórias”, sobre o processo de preservação da coleção e seus significados;

Acompanhe o desenvolvimento de Teatro Memória em Cartaz pelas redes da Tribo!


Projeto executado através do Edital Criação e Formação Diversidade das Culturas realizado com recursos da Lei Aldir Blanc nº14.017/20.

#OiNoisAquiTraveiz  #SabiáCultural #Memória #Cultura #MemóriaDoTeatro #Museologia #TeatroMemoriaEmCartaz  #Cartazes #editalfundacaomarcopolo #leialdirblanc #sedacrs #fundacaomarcopolo