ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ 44 ANOS [PARTE 2]

    Com um mês de atividades o Teatro Ói Nóis Aqui Traveiz foi interditado pela Secretaria de Segurança. Aí começou uma longa campanha pela reabertura do teatro. O fechamento agravou a situação econômica do grupo e a saída de alguns dos seus integrantes. Para vencer a crise o grupo buscou outros espaços para encenar o seu espetáculo. Também é o momento em que o grupo começou a compartilhar as suas experiências através de uma oficina de teatro. E é principalmente com os jovens desta oficina que criou a montagem de “A Bicicleta do Condenado”, do espanhol Fernando Arrabal: um preTexto para a reVolta do Ói Nóis Aqui Traveiz. Durante o processo de criação integrantes do grupo foram presos em manifestações contra a ditadura. Essa experiência de repressão e violência foi canalizada para a cena. A reabertura do Teatro trouxe para a encenação uma história de opressão e horror, onde duas pessoas tentam sobreviver em um lugar comandado por uma ordem militar. Se no primeiro espetáculo o público fi

TEATRO MEMÓRIA EM CARTAZ

Teatro Memória em Cartaz foi contemplado pelo Edital Criação e Formação – Diversidade das Culturas, promovido pela @sedac_rs em parceria com a @fundacao_marcopolo.
 



 

Este projeto tem como objetivo iniciar o processo de preservação da memória material da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, com 43 anos de trajetória e que transpassa e transforma salas e o espaço público das ruas com sua produção. Atualmente é o grupo de teatro com maior tempo de atuação no município de Porto Alegre e um dos mais longevos em atividades no Brasil. O objeto do projeto é a coleção de cartazes de espetáculos da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz.

 




Serão realizadas as seguintes ações, para alcançarmos o objetivo proposto:


🖌️ Higienização de todos os cartazes de espetáculos da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz;
📷 Digitalização dos cartazes em alta resolução;
📂 Acondicionamento adequado do acervo;
🔎 Realização de pesquisa e registro de memória oral sobre cartazes da coleção;
🖥️ Implementação de Repositório Digital para divulgação do acervo;
📝 Catalogação completa da coleção;
📒 Formação sobre conservação preventiva de acervos museológicos para profissionais envolvidos no projeto;
🎙️Oferecimento de formação online, através do Webinário Performances da Memória, aberta ao público;
📽️ Produção audiovisual “Ói Nóis: Entre Cartazes e Memórias”, sobre o processo de preservação da coleção e seus significados;

Acompanhe o desenvolvimento de Teatro Memória em Cartaz pelas redes da Tribo!


Projeto executado através do Edital Criação e Formação Diversidade das Culturas realizado com recursos da Lei Aldir Blanc nº14.017/20.

#OiNoisAquiTraveiz  #SabiáCultural #Memória #Cultura #MemóriaDoTeatro #Museologia #TeatroMemoriaEmCartaz  #Cartazes #editalfundacaomarcopolo #leialdirblanc #sedacrs #fundacaomarcopolo