Sábado - 25 de junho de 2022 | Escola de Espectadores discute: QUASE CORPOS |

    A quarta aula de 2022 da Escola de Espectadores de Porto Alegre (EEPA) será no dia 25 de junho, SÁBADO, das 10h ao meio-dia, no TEATRO DE ARENA (Altos do viaduto Otávio Rocha).   Durante o encontro, será discutido o monólogo QUASE CORPOS Episódio 1: A Última Gravação, do coletivo Ói Nóis Aqui Traveiz. Estará presente o atuador Paulo Flores, cofundador do grupo e que faz sua estreia no formato monólogo em Quase Corpos.   As aulas da EEPA são gratuitas e sem pré-requisitos. A matrícula de novos alunos será feita no local. Todos estão convidados!

TRIBO DE ATUADORES ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ 44 ANOS [PARTE 20]

 



Esta versão livre da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz para a peça de João Siqueira conta a saga de um camponês que expulso de sua terra chega à cidade grande onde se transforma em líder operário. Os crimes do latifúndio, a luta dos sem-terra, o êxodo rural, as péssimas condições de vida do operariado, a repressão policial ao movimento dos trabalhadores, a cooptação das lideranças operárias pelo Sistema – são acontecimentos vivos do Brasil de hoje presentes no espetáculo. Utilizando-se dos lirismos e da plasticidade da música e das máscaras, das pernas-de-pau e dos bonecos, a peça traz à cena a tragédia e a esperança da luta dos trabalhadores brasileiros. “Os Três Caminhos Percorridos Por Honório dos Anjos e dos Diabos” representa o conflito do homem, quer seja com o meio, quer com o sonho/desejo, quer consigo mesmo. 


 


“OS TRÊS CAMINHOS PERCORRIDOS POR HONÓRIO DOS ANJOS E DOS DIABOS”

 

Autor: João Siqueira
Direção, figurino, máscaras, bonecos e adereços: criação coletiva
Música: Rogério Lauda
Elenco: Adir Kettenhuber, Antônio Caldasso, Antônio Motta, Arlete Cunha, Cláudia Fontoura, Clélio Cardoso, Daniele Fagundes, Hugo Varella, Kike Barbosa, Marcos Castilhos, Paulo Flores, Rogério Lauda, Sandra Possani, Túlio Quevedo e Vera Parenza
Intérpretes em substituição: Ana Paula, Biño Sawitzki, Carlos Moreira, Cátia Alexandra, João Lima, Max Oliver, Rosane Cardoso, Sandro Marques, Tânia Farias e Vladimir Moreira
Estreia: 1°  de maio de 1993
(Espetáculo de rua)