Postagens

ENTENDER CALIBAN PARA SEGUIR NA UTOPIA

Veja a critica de Amilton de Azevedo aqui
Formada em Porto Alegre em plena ditadura militar, a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz celebra seus 40 anos com trabalhos cada vez mais consolidados dentro de suas linhas de pesquisa. Dentro de sua vertente do Teatro de Rua, traz ao Mirada seu mais recente espetáculo: Caliban – A Tempestade de Augusto Boal (2017).


A criação coletiva da Tribo de Atuadores toma como ponto de partida não apenas o texto de Augusto Boal – escrito em 1974 como uma releitura crítica da obra shakespeariana de mesmo nome – mas fundamentalmente a afirmação do diretor, dramaturgo, ensaísta e teórico brasileiro de que “é preciso que fique claro que nós somos Caliban”. No original shakesperiano talvez a grande figura a ser vista como exemplo a ser seguido era Próspero. Ao mesmo tempo Duque de Milão deposto por meio de traição e conhecedor de uma magia nobre, também é ele que através de seus conhecimentos leva civilidade à ilha antes governada pela bárbara feiticeira Sic…

Caliban abre a 23ª edição do Isnard Azevedo em Florianópolis

TRIBO DE ATUADORES ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ NO MIRADA – FESTIVAL IBERO-AMERICANO DE ARTES CÊNICAS

ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ NO FESTIVAL DA BAHIA

A Desmontagem “Evocando os Mortos Poéticas da Experiência” finaliza a circulação pelo RS!!!

IMPERDÍVEL! CALIBAN NA REDENÇÃO

ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ NO NORDESTE

Caravana do senso crítico passa por Bauru com o grupo gaúcho Ói Nóis Aqui Traveiz

VENHA FAZER TEATRO NA TERREIRA DA TRIBO!

ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ NA FEIRA BRASILEIRA DE OPINIÃO – PORTO ALEGRE – CONTRAGOLPE